16 de fev de 2011

Vá com Deus.

É duro aceitar que você não vai olhar pra mim de novo. É duro não, é triste. Por que? Só cansei de gastar minhas energias mirabolando planos pra você me olhar e me desejar. E pior, fiquei tentando todo esse tempo acreditar que um dia você me olhou e me desejou. Mas seu destino é ela e ela não sou eu. Volta pra ela, como sempre, mas dessa vez por mim e com a proteção divina. Eu fico aqui procurando outros corpos, outras paixões, enlouquecendo, até o dia que seu nome não me traga nada além de indiferença.

Nenhum comentário:

Postar um comentário