1 de mai de 2010

Caminho

Tantas coisas guiam meu caminho de volta a você, eu não entendo o porque não consigo simplesmente voltar e persistir no sonho. Talvez eu não seja tão forte e persistente o quanto eu imaginava, eu preciso disso novamente, com que forças? Não sei, só sei que preciso arranjar uma maneira para voltar, mas qual? Onde está tudo isso que preciso?

2 comentários:

  1. Sonhos, por definição figurativa, podem sugerir imaginações sem fundamento. Talvez esteja se perguntando de forma errada. Quiçá “a base” seja a resposta, ou porventura a quimera tenha se diluído, assim como o vento dissipa as gentis folhas procedentes das árvores no outono. Ainda que por expectativa, esta definição pode não lhe ser adequada, e neste sentido me imponho ao silêncio.

    ResponderExcluir